Make your own free website on Tripod.com

FÓRUM CIDADANIA LISBOA

Teatro Tália

Início
Casa e Jardins Daupiás
Cinema Odéon
Ajuda
Alvalade
Avenida da Liberdade
Bairro Azul
Cp. Ourique
Castelo / Encosta Oeste
Graça
Paço Lumiar
Príncipe Real
Propostas várias
Auto-silos
Cine-Teatro Capitólio
Cinema Paris
Salão Nobre
Ambiente, património, mobilidade, etc.
Artigos, petições, etc.
Zonas Oportunidade
Teatro Tália
Proj. Foster / Boavista
Proj. Piano / Braço Prata
Casa A.Garrett
Ficha de inscrição

Sabia que foi aqui que se estreou a peça de Garrett, "Frei Luís de Sousa"?

"Tália" significa "comédia", "festividade". É também uma das musas gregas, presidindo à comédia e à poesia ligeira. Os seus símbolos são a máscara cómica e um cajado de pastor. Tália também é o nome de uma das Graças (Cáritas).

Provavelmente, este edifício é desconhecido para 90% dos alfacinhas.
 
No entanto, o Teatro Tália daria um excelente complemento ao passeio de fim-de-semana para 90% dos lisboetas, que gostam de ir até ao Jardim Zoológico. Que gostam do revivalismo romântico.
 
Mais, o Teatro Tália poderia conviver com o Zoo como local de visita para milhares de adultos e crianças, pois ali poderia albergar um sem número de actividades culturais a começar por teatro infantil ou de marionetas, à semelhança, por ex., de Salzburgo.
 
Isto se Lisboa fosse uma capital desenvolvida, cosmopolita, tudo menos provinciana.

(últimas) "Antigo teatro da alta-roda em Sete Rios transforma-se em auditório"/Público 26.6.2010

Propusemos à MC que o Tália seja Museu da Música

Será esta situação digna de um país da União Europeia?

talia.jpg
O Teatro Tália pertence ao Palácio dos Condes de Farrobo, junto ao Zoo.

 
A recuperação do Teatro Tália, que já então se encontrava em adiantado estado de degradação, seria da responsabilidade da entidade afectatária.
 
Até hoje, no entanto, tudo continua como dantes!!

talia3.jpg

Leia o descritivo do "site" do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior,

 
Isto é maneira do Estado tratar o seu próprio património?

 
O hoje arruinado Teatro de Tália, cuja fachada apresenta 4 colunas de ordem dórica (apoiadas em esfinges neo-egípcias) sobre as quais assenta um frontão triangular, data de 1820 e a sua sala dispõe de cerca de 560 lugares.
 
 
É propriedade do Estado, da Presidência do Conselho de Ministros há mais de uma década!
 
 
É classificado Imóvel de Interesse Público (Dec. nº 735/74, DG 297 de 21 Dezembro 1974).
 
 
Neste momento está sob a alçada do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, enquanto inquilino do Palácio dos Condes de Farrobo.
 
 
Fonte: DGEMN

Proposta:
 
- A CML deve solicitar à Presidência do Conselho de Ministros a cedência do espaço, a título definitivo; 
 
- Deve proceder a obras de reabilitação dos exteriores e interiores, com repartição de custos com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior;
 
- Deve estabelecer protocolo com o Jardim Zoológico, de modo a partilhar o espaço e os jardins para iniciativas comuns;
 
- Deve estabelecer protocolos com companhias de teatro infantil e marionetas;
 
Deve disponibilizar o teatro para eventos do próprio Ministério e da Junta de São Domingos de Benfica.
 
Gestão: CML

 
Resumo histórico:

Este magnífico exemplar de arquitectura romântica é da autoria do Arq. Fortunato Lodi e a sua história recente resume-se em poucas palavras: 
 
O Teatro Tália foi objecto de cedência, há mais de uma vintena de anos (década de 80) e a título precário, do referido conjunto arquitectónico á Secretaria Geral da Presidência do Conselho de Ministros, entidade que já utilizava o edifício do Palácio para instalação dos seus serviços. O respectivo auto de cessão foi assinado na sede da Direcção Geral do Património e nele outorgaram a Subdirectora-Geral do Património, por parte da Direcção Geral do Património, Ministério das Finanças; e o Secretário-Geral do Conselho de Ministros, ao tempo.
 
Segundo consta em acta de cedência, destinar-se-ia a ser utilizado pelos serviços dependentes da Presidência do Conselho de Ministros como auditório polivalente, designadamente para actividades como teatro, exposições, conferências e formação profissional.

_____________________________
 
Em Junho de 2005 pedimos a quem tutela o Teatro Tália que fizesse o que se comprometeu fazer há mais de 20 anos, i.e., recuperá-lo. Eis as respostas que recebemos, respectivamente do Gabinete do Senhor Primeiro Ministro, 

Aqui

 e do Senhor Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior,

Aqui