Make your own free website on Tripod.com

FÓRUM CIDADANIA LISBOA

Príncipe Real

Início
Casa e Jardins Daupiás
Cinema Odéon
Ajuda
Alvalade
Avenida da Liberdade
Bairro Azul
Cp. Ourique
Castelo / Encosta Oeste
Graça
Paço Lumiar
Príncipe Real
Propostas várias
Auto-silos
Cine-Teatro Capitólio
Cinema Paris
Salão Nobre
Ambiente, património, mobilidade, etc.
Artigos, petições, etc.
Zonas Oportunidade
Teatro Tália
Proj. Foster / Boavista
Proj. Piano / Braço Prata
Casa A.Garrett
Ficha de inscrição

Jardim Botânico (Estudo da Organização Interna)

A Praça do Príncipe Real é um dos locais mais bonitos de Lisboa e com maior história.  No entanto, é também um local onde existem vários conflitos que urge resolver, por exemplo:
 
* O choque entre o trânsito infernal na Rua da Escola Politécnica e nas perpendiculares da praça versus a calma paradisíaca do Jardim França Borges;
 
* A elevada concentração de edifícios de imenso valor patrimonial, alguns devolutos, versus a escassíssima habitação e o completo desconhecimento desses edifícios por parte da população;
 
* A ausência de "bolsas de estacionamento" versus a desactivação da carreira de eléctrico nº 14.
palaceteital.jpg
Diagnóstico:
 
 
- O Príncipe Real tem vários dos seus palacetes em adiantado estado de degradação;
- O Palacete Ribeiro da Cunha está em risco de ser desvirtuado e ver os seus jardins mutilados para sempre, como se comprova visitanto a exposição "Sentir Lx", na CML, suportada na proposta nº 48/2004, da Vereadora Eduarda Napoleão,

AQUI

- As faixas de rodagem no topo Norte parecem uma avenida;
- A mobilidade dos transportes públicos é reduzida;
- O estacionamento é diminuto;
- E a ameaça de construção de um parque de estacionamento subterrâneo continua de pé.
 
Propostas:
prealprop.jpg
1. Palacetes
 
- Cancelar o actual projecto de reconversão do Palacete Ribeiro da Cunha (nº 26) em hotel de charme,  iniciando negociações com o proprietário privado no sentido de, em alternativa, manter o projecto de hotel de charme para o edifício principal, mas abstendo-se de intervir nas antigas cavalariças e pombal;
 
- Substituição da zona de hotel projectada para as traseiras do palacete, pela criação de extensão/ões no(s) palacete(s) nº 20-22 e 19, propriedade, respectivamente, do Banco de Portugal e do Ministério da Economia (INETI);
 
- Exploração mista do jardim (hotel + Jardim Botânico) e abertura de ligação ao futuro Parque Mayer;
 
- Comprometer-se a conceder o estacionamento junto a este último, para serviço de hotel.
Palacete Ribeiro da Cunha
preal22-26a.jpg
Hotel de charme c/ 1-2 extensões (proposta)
- Diligenciar junto dos proprietários privados no sentido de procederem à recuperação do edificado, ameaçando-os judicialmente, com especial atenção os palacetes Barão de Santos (nº 14) e Faria (nº 2-3), propriedade, respectivamente, da Casa de Bragança e dos Amigos dos Hospitais, pelo estado em que se encontram;
 
- Iniciar negociações com os outros proprietários dos imóveis circundantes com vista à recuperação imediata dos palacetes António Ferreira de Carvalho (Pç. Príncipe Real, nº 13 / R. do Jasmin, nº 28 - 30 / R. da Palmeira, nº 2, actualmente com escritórios de vários sindicatos), Palacete Alenquer (Pç.Príncipe Real, nº 1 / R. do Século, 171, propriedade privada), Palacete dos Viscondes de Penalva (Pç. do Príncipe Real, nº 15 - 17, propriedade do Grupo BCP),  classificados pela DGEMN e IPPAR, com especial urgência o Palacete Faria (Pç. Príncipe Real, nº. 2 - 3, da Liga dos Amigos dos Hospitais) e o Palacete do Barão de Santos (Pç. Príncipe Real, nº 14 / R. do Jasmim, nº 25 - 25 A / Tv. do Jasmim, propriedade da Casa de Bragança).

2Mobilidade

 

Reposição urgente da carreira nº 14 de eléctrico; desde o Cais do Sodré às Amoreiras;

 

- Condicionamento do trânsito no topo Noroeste, e perpendiculares a Sul, com instalação de sistema similar ao do Bairro Alto.