Make your own free website on Tripod.com

FÓRUM CIDADANIA LISBOA

Atentado património Lapa

Início
Casa e Jardins Daupiás
Cinema Odéon
Ajuda
Alvalade
Avenida da Liberdade
Bairro Azul
Cp. Ourique
Castelo / Encosta Oeste
Graça
Paço Lumiar
Príncipe Real
Propostas várias
Auto-silos
Cine-Teatro Capitólio
Cinema Paris
Salão Nobre
Ambiente, património, mobilidade, etc.
Artigos, petições, etc.
Zonas Oportunidade
Teatro Tália
Proj. Foster / Boavista
Proj. Piano / Braço Prata
Casa A.Garrett
Ficha de inscrição

(Dados fornecidos por João Pinto Soares)

Isto é o que se passa neste momento na
Residência do Senhor Embaixador da República da China,
na Rua de São Caetano, nº 2, na Lapa.
 
E isto é um atentado ao património botânico, cultural
 e arquitectónico de Lisboa!
 
Porque significa o abate de um número indeterminado de árvores de valor incalculável, integradas num jardim romântico, e o derrube de parte do muro, para dar lugar a construção nova, num prédio classificado pelo IPPAR.
 

china.jpg

É uma ilegalidade. 
E é um acto de arrogância e desprezo.
 
Porquê?
china1.jpg
Porque o prédio em causa está classificado (Diário da República - I Série B, nº 66-29-9-1995, pg. 5948), pelo que qualquer alteração ao mesmo necessita do parecer do IPPAR.
 
E porque no local não existe qualquer aviso da CML declarando a obra como licenciada.
 
(A este propósito, segundo artigo de "A Capital" (abaixo indicado), a  CML garante que as obras estão «completamente dentro da legalidade e foram licenciadas pelo Ippar» e
«o cartaz que normalmente é afixado durante as obras identifica o processo que pode ser consultado na Câmara de Lisboa por qualquer pessoa que, de igual modo, terá acesso a plantas da residência do embaixador. Por uma questão de segurança destas representações diplomáticas, a autarquia permite que as mesmas não exibam o alvará que identifica publicamente o processo»)
china2.jpg
(Estes são dados fornecidos pela "Associação Lisboa Verde",
que continua a aguardar resposta da CML e IPPAR às denúncias feitas)